sexta-feira, abril 13, 2018

Ciao!



Claro que um livro com o número que eu gosto e que faz parte da minha vida acabaria cruzando meu caminho e viria parar aqui no Abril Imperdível, né?
Confesso que não planejei ser numa sexta-feira 13, mas foi melhor assim 😉

13 – FML Pepper – Galera Record
(Treze - 2017)
Personagens:  Rebeca Gaziri Lima e Karl Anderson Moura

Um instante, um momento pode mudar toda a sua vida. Para Rebeca, foram os avisos da cartomante, em que o lado lógico e cético não a impediu de ter medo que pudessem realizar. Para Karl, foi uma decepção totalmente inesperada. O fato é que, quando os destinos deles se cruzaram dois anos depois, ambos estavam machucados, traumatizados e com muitas complicações para resolver. E se isso vai definir se era sorte ou azar, só as escolhas de ambos iriam decidir.

Comentários:

- Cheguei à conclusão que quanto menos você souber sobre este livro, melhor. Tanto que, não é à toa que ele não tem sinopse na capa externa. Tem coisas que a gente não procura, vem ao nosso encontro na hora certa. Este livro fala sobre o quanto estamos dispostos a acreditar no que não conseguimos visualizar – seja o futuro, o amor, uma expectativa pessoal, uma mudança de vida – e quanto nos dispomos a mudar os nossos caminhos por isso.

- Rebeca não tinha razões para acreditar em nada que não pudesse racionalizar. No entanto, o caminho que estava seguindo era muito perigoso e poderia não ter volta. Por causa de uma amiga, ela foi até um local onde nunca iria por livre e espontânea vontade e acabou recebendo exatamente este aviso: uma decisão poderia mudar todo o destino dela.

- Sem aviso, a vida de Karl foi do céu ao inferno em questão de horas. Uma notícia totalmente inesperada quebrou tudo que ele dava como certo e garantido, uma decepção que causou sérias consequências e alterou um caminho que parecia certo e perfeito.

- Quando eles se encontram, Rebeca ainda está assombrada pelos desdobramentos de decisões antigas e sabendo que a vida dela pode mudar para melhor ou pior em questão de um mero deslize. Querendo que as coisas sejam melhores, decide pautar a vida pelo aviso que recebeu – mas seria esta a melhor decisão? Especialmente quando o resultado não foi bom quando tentou confrontar.

- Já a fé é a única coisa que restou a Karl, diante das dificuldades pessoais, familiares e profissionais que pareciam não desistir de persegui-lo. E ele ainda acrescenta mais uma complicação: um sentimento que ele não sabia explicar e, de certa forma, temia entender porque não sabia se teria futuro.

- Ah, você pode estar pensando: "nossa, como você foi vaga?" Sim, fui. Citando Shakespeare: “Há mais entre o céu e a terra do que supõe nossa vã filosofia”. O mundo é muito maior que a forma como a gente o vê. Cada um, a partir de repertório construído no convívio com a família, com amigos, com escola e as convicções próprias, toma suas decisões. Alguns se apegam a qualquer forma que lhes ajude a seguir em frente e a encontrar a luz (seja felicidade, calma, tranquilidade, segurança) no fim do túnel. Aqui temos fé, esperança, lógica, razão e um pouco de superstição.

- O número é um dos protagonistas do livro – o título não é à toa – mas o motivo vou deixar que você leia para entender. Para algumas pessoas, é indiferente, apenas um número. Para outras, o 13 é mal-visto. Sim, há uma série de argumentos, alega azar ou má sorte e sei de prédios que “não possuem” este andar e até mesmo livro que pula este capítulo (inclusive li um recentemente, sob a alegação “os personagens não precisam de mais falta de sorte do que já têm neste momento”. Achei espirituoso).

-  Eu sou daquelas que ama o número, por motivos óbvios: nasci numa segunda-feira 13. E se acha pouco comecei a trabalhar profissionalmente em 13 de abril – e era Sexta-Feira da Paixão. E o meu blog, criado em um momento de tédio e que me acompanhou nos altos e baixos dos últimos anos, chega ao 13º aniversário na próxima segunda-feira. Esta Mulherzinha aprendeu que o mundo é maior que mera redução de “sorte” ou “azar” – mas das escolhas que fazemos.

- Por isso, um pouco de fé, um pouco de razão, a persistência nas horas certas e a inteligência em deixar ir o que tiver que ir ajudam a transformar a nossa vida para melhor. O desafio é ter sabedoria para tomar as decisões mais adequadas. A beleza de ser humano está no livre-arbítrio, mesmo quando ele nem percebe isso. Rebeca, Karl e outros personagens vão descobrir que nada cai de graça do céu. E vão assumir as consequências do que optarem fazer por si mesmo, pelos outros ou por achar que não tinham escolha. Eu ainda não tinha lido nada da FML Pepper e gostei do estilo, da montanha russa da jornada de Karl e Rebeca. Tem horas que você xinga um ou outro (e outros personagens. Aliás, tem gente que você só xinga, esteja disposta a isso), que você torce e vibra com um ou outro. Livro assim vale a pena ler.

- Links: Goodreads livro e autora; site da autora; Skoob; site e blog da editora.

Bacci!!!

Beta
Reações:

Um comentário :

  1. Ora, eu acredito que você falou bastante sobre esse romance mesmo julgando que não falou muito sobre ele e mesmo julgando que você foi muito vaga. Eu diria que você não foi prolixa generosamente, mas você não foi vaga coisa alguma também (não tenha medo, pois não houve spoiler). Um aviso. Uma decepção. Que pontos de partida interessantes para criar destinos para seus personagens principais. Uma idéia simples mas certeira !

    ResponderExcluir