domingo, abril 29, 2018

Ciao!



Romancinho gostoso, do jeito que me deixa feliz. E começo de uma série que preciso ler o quanto antes (tantos livros, tão pouco tempo – lamenta a leitora compulsiva...)

Jacob – Flávia Cunha (Trilogia Irmãos Bennett 1)
(2011)
Personagens: Lacey Michels e Jacob Bennett

Seria um dia comum na clínica de Lacey, se um rancheiro não invadisse o local informando em alto e bom som que precisava de uma ginecologista. Da estranheza ao interesse mútuo foi quase uma piscada. Lacey cuidou da “emergência” e depois se viu cuidada pelos Bennetts. A tia queria expulsá-la da cidade, ela não entendia o motivo. E a súbita paixão que surgiu entre ela e Jacob poderia sofrer por causa disso.

Comentários:

- Está precisando de um romance com as doses certas de paixão, drama e risadas? Achou! Eu estava querendo ter uma pausa da minha rotina de notícias (e muitas delas, pesadas demais) e mergulhei no universo de Springville para conhecer os irmãos que formam uma das famílias tradicionais da cidade.

- O livro já começa hilário com a “invasão da clínica pelo rancheiro desarvorado”. Não vou contar o motivo, mas já serve para apresentar boas características de Jacob e deixa explícito que o encontro com a médica foi mais que “uma emergência”. Era algo para mudar a vida de ambos. Sim, eles se apaixonam muito rápido – meu lado racional concorda. No entanto, estamos todos os dias lidando com o pior do ser humano que eu me sinto compelida a acreditar em coisas “racionalmente impossíveis” nos livros para lidar com a vida “real”. Então se Jacob e Lacey se conquistaram de forma fulminante, que seja!

- Só que não seria fácil ser feliz. Lacey tem um histórico de “patinho feio” – nunca se sentiu amada pelos pais e pela tia que a criou. A vida no internato não foi fácil. E a medicina foi a forma como encontrou de fazer algo belo: ajudar a trazer crianças – vida – ao mundo. Só que a decisão de voltar para Springville a colocou em rota de colisão com a tia Zelda, que estava disposta a tudo para expulsá-la da cidade.

- Junte a insegurança natural, com a perseguição da tia e com o fato de ela não ser o “modelo de beleza ditado pelas revistas de moda” (algo que sempre traumatiza quem é diferente dele) e o fato de estar namorando um dos homens mais bonitos e desejados da cidade: pronto, temos outra frente aberta para problemas a serem enfrentados pela nossa heroína.

- Jacob é impecável, depois do começo atrapalhado, ele mostra que é um homem de bom coração e muito decidido: soube que sentia algo a mais pela médica e não ficou pensando, se aproximou dela. Virou um ombro amigo e mais que isso. E juntos eles se depararam com uma situação que escapava totalmente ao controle e poderia separá-los para sempre.

- Gostei do que li, gostei de conhecer a dinâmica da família que eu já tinha visto como participações especiais em outros livros da Flavinha que se passam na mesma cidade. Pretendo ler os outros assim que possível, na busca pela esperança que os romances trazem para encarar a vida.

Trilogia Irmãos Bennett
- Jacob
- Lucas


Bacci!!!

Beta
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário