segunda-feira, abril 16, 2018


Tenho participado da leitura desse blog há mais de uma década, e no ano passado ele me impactou de maneiras bem mais pessoais, primeiramente quando Beta me deu a dádiva de comentar aqui meu primeiro livro, "Fátima e Pontmain - Aparições de paz em tempos de guerra", numa belíssima resenha (não me envergonho em dizer que quase chorei ao lê-la) em que ela soube descrever a essência do livro ao mesmo tempo em que destacou a forma em que tanto a devoção à Virgem como os temas que abordei a impactaram.
Mas também merece destaque a postagem autobiográfica em que ela descreveu como incorreu num processo depressivo, e que seu amor à cultura, especialmente ao grupo musical Il Volo, ajudou-a a dar a volta por cima, mensagem que repercutiu em mim porque também atravesso um momento difícil que nem sempre as demais pessoas compreendem e porque foi Roberta que me apresentou verdadeiramente a esse grupo que hoje aprecio muito, mas naquela época não valorizava como deveria porque dera ouvidos a opiniões preconceituosas. Mas hoje também já espantei sentimentos tristes com as vozes deles, especialmente suas interpretações de "Volare" e "Io che non vivo senza te", ou os solos de Gianluca entoando "Can't help falling in love with you". 
Que ainda tenhamos a oportunidade de vê-los pessoalmente, amiga, bem como que você ainda resenhe muitos outros livros (de preferência, entre eles, alguns meus).
Reações:

Um comentário :

  1. Ora, que postagem impactante por sua vez também !!! Tem uma carga muito considerável de emoção sobre ela !!! Parabéns pelo seu livro, rapaz !!! Tanto pela publicação quanto pelo tema !!! Eu faço votos que vocês dois nunca fiquem sem ter oportunidade de ouvir música, que tem um poder avassalador sobre um espírito, podendo mover seus sentimentos para onde eles precisam ir naquele momento !!! Felicidades a ambos !!!

    ResponderExcluir