sábado, junho 30, 2018

Ciao!!!



SENHOR, DAÍ-ME PACIÊNCIA, E NÃO PONTARIA...
Mais um dia em que um livro quase saiu voando pela janela...

O fogo dos teus beijos – Anne Mather – Sabrina 180
(Come the vintage – 1985 – Mills & Boon)
Personagens: Lina Ferrer e Alain de Beaunes

O mundo de Lina não caiu, desabou. Primeiro foi a morte da tia, que a deixou sem ter com quem ficar na Inglaterra. Por isso, ela aceitou o convite do pai e se mudou para a França. Mas quatro semanas depois, ela ficou órfã e para que os trabalhos no vinhedo continuassem, precisava se casar com Alain, o braço direito do pai. Jogada em um casamento com um homem possessivo, o futuro de Lina estava longe de ser algo que qualquer garota quisesse... Agora era descobrir como lidar com isso.

Não sei quem é o autor da imagem, mas muito obrigada!!!
Comentários:

- Definitivamente, só me resta dar graças a Deus que 27 anos depois a jornada de desgraças de Lina poderia ter mais opções – menos sofridas – de solução.

- Temos uma adolescente, Lina, criada pela mãe e depois pela tia na Inglaterra. Protegida (o que neste tipo de história significa despreparada para a vida), enfrenta uma série de revezes: a morte da tia a deixou sem teto na Inglaterra, forçando-a a procurar o pai e mudar para a França e a morte do pai a levou a se casar com um desconhecido, 20 anos mais velho. Não dá para ficar feliz, né? Lina não disfarça que não gostou e que tinha uma antipatia pelo marido escolhido e praticamente imposto pelo pai.

- Alain espera que ela se comporte como uma esposa perfeita, ela que não tem maturidade nem noção do que fazer. A criatura fica desnorteada sem entender o que fazer, com medo do marido, que não consegue também encontrar um caminho para cativá-la. E como sempre, a história se passa em uma comunidade onde qualquer possibilidade de comportamento fora da via se torna fofoca e escândalo em potencial. Ainda mais porque qualquer coisa estressa o marido.

- Que bela leitura, né? #sóquenão!!!! Por sorte, li numa velocidade digna de recorde mundial nos 100m pra terminar logo esse sofrimento. Eu fico me perguntando: sério que alguém lia isso e conseguia ver romantismo em algum lugar? Como que alguém que lê isso pensa “poxa, queria ser a Lina!” ou “queria um Alain pra mim!”. Sério. Não consigo imaginar alguém pensando isso. 

- Porque, ao longo das 120 protocolares páginas, eu só via um relacionamento abusivo, onde era impossível aparecer qualquer coisa boa: confiança, amor, respeito. Claro que teremos a reviravolta – a descoberta de que, na verdade, foi um amor à primeira vista que pegou o caminho mais espinhoso. 

- Socorro. Sério. Socorro. E o que mais me assusta é que muitas coisas citadas aqui não são fantasias. Aconteceram e ainda, infelizmente, acontecem por aí. Obrigada, mas não é o que quero pra mim. Nem em fantasia e muito menos na vida real.

- Links: Goodreads (onde fala que o nome original da protagonista é Ryan), Fantastic Fiction, outros livros da autora no LdM.

Bacci!!!

Beta

IMPORTANTE: Violência - em todos os casos - é crime. No Brasil, lembrem-se da Lei Maria da Penha e indiquem ajuda. Liguem 180 ou o Disque-Denúncia Unificado, 181 ou o telefone da PM, 190. 
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário