sábado, junho 22, 2019

Ciao!



Sabe quando você vê a capa e o título te convence?
Foi meu caso aqui. Sentia que era algo que eu precisava ler.
Li.
Gostei.
E estou aqui para recomendar.

Garota, pare de mentir para você mesma: você acredita que não é boa o suficiente? Que não é digna de ser amada? Que nunca chegará a lugar nenhum? Tudo mentira – Rachel Hollis – Sextante
(Girl, wash your face - 2018)

Rachel Hollis é empreendedora, empresária, mãe, esposa e palestrante.
E uma mulher tão forte e tão vulnerável quanto qualquer outra. Neste livro, ela parte de 20 frases que disse a si mesmo e qual foi a jornada que a levou a identificar que eram mentiras. Por exemplo:

- Alguma outra coisa vai me fazer feliz.
- Não sou boa o suficiente.
- Não sou uma boa mãe.
- Eu tenho que me diminuir.
- Meu peso define quem sou.

Atire a primeira pedra quem nunca se disse algo parecido. O mundo já nos apresenta tanta causa de sofrimentos e a gente ainda amplia se impingindo ainda mais. Talvez por medo de enxergar a verdade que ela diz logo no início e que nos leva a engolir as mentiras e transformá-las em uma guia falsa. 
“Você, somente você, é responsável por quem se tornará e pelo quanto é feliz. Essa é a lição.” 
Compartilhando histórias felizes e não tão felizes da própria vida, Rachel lembra que somos seres humanos, somos falhos, somos diferentes e únicos à nossa maneira. Portanto inibir o que nos diferencia para tentar ser parecido, pasteurizado com um ideal inalcançável só serve para criar pessoas frustradas. Pessoas que vão buscar válvulas de escape – comida, bebida, drogas – ou ver a saúde se implodir sem entender os motivos.

Ela destaca o óbvio, mas é bom ler outra pessoa com uma experiência de vida que poderia ser a minha dizendo isso: não devemos nos comparar a ninguém. Ainda mais porque a gente se desvaloriza e imagina que as outras pessoas sejam perfeitas. Adivinha: não são. Tem problemas, alegrias e tristezas como a gente. Então, pra que ficar desejando se os outros e se esquecendo de ser a gente mesmo?

O QUE OUTRA PESSOA PENSA DE MIM NÃO É DA MINHA CONTA.
A opinião de outra pessoa sobre você não é da sua conta. Essas palavras são muito poderosas para quem costuma valorizar mais as opiniões dos outros que as próprias, e elas soam ainda mais profundas quando estamos criando algo.

Ela sugere que quem lê liste os sonhos e o que precisa para realizá-los. Também enumere as mentiras que sempre ouviu ou disse a si mesmo(a) e perceba que elas não são reais. E advertiu que isso implica em mudar padrões internos – todas as mudanças começam de dentro para fora. Temos que nos esforçar. Não adianta que todos que te amam queiram que você se transforme se você não comprar essa briga. Muitas vezes é isso: uma briga com a gente. Rever os pensamentos, as prioridades, o comportamento, os hábitos. 
“As lagartas são incríveis. Elas têm todas aquelas pernas e são muito legais, e há uma série de livros infantis sobre como as lagartas são bonitas. Mas se a lagarta simplesmente escolhesse permanecer como lagarta, se ela decidisse que o caos da metamorfose é demais para ela enfrentar, ela nunca saberia o que ela poderia se tornar. Você acha que mudar todo o seu ser não é doloroso? Acha que não é assustador, difícil e avassalador? Claro que é, mas se ela não lutasse contra o medo, se não permitisse que a mudança resgatasse seu verdadeiro eu, nós nunca saberíamos o quanto ela é linda. E ela nunca saberia que estava destinada a voar”. 
Esta leitura contribuiu muito para a reforma que estou fazendo em mim – uma parte importante do tratamento que estou fazendo. A partir do momento que me liberto do que me fazia sofrer, seja a “cultura da vergonha”, ou desta tonelada de mentiras com a qual a gente se soterra percebendo ou não, a gente fica mais leve, mais claro, abre as portas para uma vida mais saudável. Mente sã, corpo são. 
“A pessoa que você é hoje é incrível. Você tem muitas qualidades maravilhosas para oferecer ao mundo, e elas são só suas. Acredito que o Criador se encanta com sua complexidade e se alegra quando você demonstra seu potencial”. 
Recomendo o livro a todo mundo que estiver no processo de enfrentar as próprias mentiras em busca das verdades que realmente importam e interessam. Não será fácil, mas é uma caminhada que deve ser feita. Não esmoreça, persista, insista e não perca a fé. E lembre-se de que só você tem o poder de se fazer feliz. Lute por isso. Exerça esse poder!


Bacci!!!

Beta

Reações:

0 comentários :

Postar um comentário