terça-feira, dezembro 31, 2019

Ciao!


E aí, já enalteceu uma menina/garota/mulher hoje?
Se não fez isso, devia.
Este texto é para enaltecer algumas das protagonistas que eu conheci neste ano. Foi uma sofrência só limitar a lista a estes nomes. Creio que representam bem algumas das diferenças, das variedades, das escolhas e das possibilidades que as meninas/garotas/mulheres enfrentam no dia a dia.

Então, vamos enaltecê-las!

As Melhores Heroínas de 2019


Foto by Nathalie Guimarães


14 – Selina KyleMulher-Gato:Ladra de Almas – Sarah J. Maas (Lendas da DC) & Elodie Davis, Moe Truax e Tabitha Foster Gatunas – Kirsten Smith

Às vezes, a gente precisa se quebrar em pedaços para encontrar o caminho da reconstrução para bem ou para mal.


Maria Antônia Toledo – Ao meu redor – Elysanna Louzada  
Em outros casos, a gente precisa superar o que o mundo nos apresenta de pior para reencontrar o que há de bom, inclusive nas pessoas.



April HamiltonMelhor que a encomenda – Lauren Blakely 
Ainda há aqueles momentos onde a gente se mete em confusão para não decepcionar as expectativas de quem nos ama. 


Francesca ShakespeareUm verão na Itália – Carrie Elks (As Irmãs Shakespeare 1) 
E não tem jeito: não dá pra seguir em frente quando temos algo no passado prendendo a gente – ou seja, hora de se livrar destas âncoras cruéis.


Olivia LyttonEsse duque é meu – Eloisa James 
E a gente também aprende que perfeição é algo relativo e que não devemos nos deixar conduzir por um parâmetro impossível.


Antares Letícia VieiraEsta e todas as vidas – Anne Marck 
Afinal de contas, pode ser que todos os nossos caminhos conduzam a um destino... Escrito pelas nossas escolhas.


Muitas lutas iniciadas há séculos seguem necessárias, porque muitas vozes foram silenciadas e, agora, devem ter espaço de fala e de existência.


Nina RedmondA Pequena Livraria dos Sonhos & Polly WaterfordA padaria dos finais felizes – ambos da Jenny Colgan & Evie FlynnO Café da Praia – Lucy Diamond    
E que fracassar não significa o fim. Pode ser parte do caminho que nos leva à nossa vocação, ao nosso propósito ou como podemos ser úteis. 


Pandora RavenelUm acordo pecaminosoGarrett GibsonUm estranho irresistível – Lisa Kleypas 
A gente não pode se deixar conformar pelo que a sociedade diz quem devemos ser, se isso limita o potencial de nossas inteligências e ações...
Foto by Nathalie Guimarães
Taígeta (Tiggy) d’AplièseA Irmã da Lua – Lucinda Riley 
É uma longa caminhada, com direito a flashbacks, em busca de nossa essência para alcançarmos a nossa melhor versão...



Mariana Pena – Um dorama para chamar de meu – Marina Carvalho
E a gente deve se permitir ser valente, sem sufocar nossa vulnerabilidade, diante dos desafios impostos pelo mundo... 
Foto by Nathalie Guimarães
Sybilla “Billie” BridgertonUma dama fora dos padrões – Julia Quinn 
E que podemos ser alegres, esfuziantes, corajosas e não esperar acontecer, se assim quisermos...


Polly PrinceA aprendiz do amor – Sarah Morgan 
Assumir quem somos, nossa inteligência, nossa criatividade. Mesmo nos piores momentos, não deixar a nossa luz apagar...


Kat WintersJoia do Deserto – Abby Green 
Porque a vida é feita de maus e bons momentos. E a gente aprende a vencer nossos medos para dar a volta por cima. 

Top Piriguetagem Literária 2019.

Arrivederci!!!

Beta

Reações:

0 comentários :

Postar um comentário