quarta-feira, janeiro 22, 2020

Ciao! 

Compre na Amazon


Então, adeus, minha querida menina. Seja corajosa, seja forte, seja um sucesso. Lembre-se sempre de seguir seu coração e você não se perderá. 
Uma história sobre vida, morte, perda, recomeço. E sobre livros.
Claro que eu iria gostar, né?

A pequena livraria dos corações solitários – Annie Darling – Verus
(The Little Bookshop of Lonely Hearts - 2016)
Personagens: Posy Morland e Sebastian Castillo Thorndyke

A morte de Lavinia Thorndyke deixou em luto a comunidade literária de Londres. E os funcionários dela na Bookend ficaram órfãos. Ela deixou o imóvel e a propriedade do estabelecimento para Posy Morland. Além disso, a missão de salvar a livraria dos problemas financeiros e de lidar com o neto de Lavinia, o insuportável Sebastian. O empreendedor digital tinha mais dinheiro que podia sonhar e estava convicto de que poderia ordenar o caminho para recuperar a Bookend. O problema é Posy tinha outros planos e que ele não se dignava a ouvir e compreender.

Comentários: 
- [...] Como você ousa falar isso das nossas clientes? Todos os tipos de mulheres leem ficção romântica. De todas as idades! E, notícia quente para você: algumas delas são casadas e felizes. Imagine só! E mesmo que não fossem, não há nada de errado em acreditar em romance, acreditar que duas pessoas foram feitas uma para a outra. 
- Ao se tornar herdeira de Lavinia, Posy entende (aos troncos e barrancos) que os romances poderiam ser a solução do problema da Bookends.

- Claro que não será fácil. Ela precisará descobrir confiança em si mesma, motivar uma pequena equipe que se sente tão perdida quanto ela sem a liderança exuberante de Lavínia, lidar com o irmão adolescente, com as próprias dores que preferiu ignorar.

- E acima de tudo, com a pressão exercida por Sebastian, neto de Lavínia. Ele insiste em acompanhar o passo a passo para o novo futuro da livraria, com o detalhe de que fez os próprios planejamentos, baseados no que poderia melhor atender ao mercado. Por isso, ignora tudo que lhe é dito e que não quer ouvir. 

- O fato de que, quando criança, Posy teve uma paixonite por ele, que terminou “mal” ajuda a piorar a situação. Portanto, o livro passa por vários pequenos “confrontos” relacionados à salvação ou não da Bookends e de quem trabalha ou passa por ela.

- Os livros de ficção romântica são o amor principal de Posy Morland, o apoio que a ajudou após a morte dos pais e se tornar responsável pelo irmão caçula. No entanto, ela precisava fazer uma parte do caminho sozinha. Precisava seguir em frente, botando nova ordem na própria vida, inclusive como manifestava isso. 
A gente sempre destrói aquilo que ama. 
- A única coisa que me deixou incomodada foi a antipatia que senti por Sebastian na maior parte da leitura. Ele é irritante, especialmente na atitude recorrente de se sentir o dono da verdade e não escutar nada que seja contra o que ele quer. Entendo que isso faz parte da personalidade dele, mas não me cativou a ponto de torcer pelo casal, mas sim para que ele sumisse.

- Este livro é um manifesto de amor aos livros românticos. Temos citações a várias tramas e autoras: adorei as referências, me diverti muito com as que já li e anotei outras como sugestão. Mostra quem rotula as pessoas que preferem este tipo de leitura. Todas nós já passamos por isso, por alguém rápido em julgar o gosto dos outros. No entanto, amei ver alguém defender estes livros como algo que faz parte da vida de muitas pessoas. 
Toda grande arte e literatura é inspirada no amor, e eu acho que, em tempos difíceis, não há remédio mais efetivo do que ler um romance que lhe garanta um final feliz. 
Série
The Little Bookshop of Lonely Hearts – A pequena livraria dos corações solitários
True love at the Lonely Hearts Bookshop – Amor verdadeiro na Livraria dos Corações Solitários
Crazy in love at the Lonely Hearts Bookshop – Loucamente Apaixonada na Livraria dos Corações Solitários
Winter kiss on Rochester Mews



Bacci!!!

Beta

Reações:

0 comentários :

Postar um comentário