sábado, fevereiro 22, 2020

Ciao!

Disponível na Amazon 

Como agora – oficialmente – muitos brasileiros estão se divertindo em bloquinhos, blocões, escolas de samba ou indo atrás de trios elétricos, por que não um conto sobre o imponderável em ação justamente durante a folia?

Feitiço de Carnaval – Marianna Leão
(2020)
Personagens: Sophia, Rodrigo e uma missão impossível durante o carnaval

Coagida pela mãe, Sophia teve que abrir mão do plano de sossego e de leitura durante o carnaval para ir a um baile carnavalesco com as amigas. Como as coisas sempre podem piorar, ela encontrou o último ser que pretendia ver na folia, Rodrigo. E esse foi o ponto de partida para um carnaval que revelaria o verdadeiro “eu” de cada um... além de colocá-los numa corrida contra o tempo.

Comentários:

- Pelo bem do desenvolvimento da filha, que deixou de gostar da folia, a mãe de Sophia arrumou uma forma de obrigá-la a ir a um baile onde estariam as amigas. A garota tinha certeza de que poderia aguentar algumas horas em um evento social com a provável presença de gente que ela não estava a fim de encontrar, para depois ter paz suficiente para curtir os livros de mitologia grega e maratonar as séries que queria.

O que eu tenho que fazer pra ele entender que a única coisa que eu quero dele é distância?

- A falta de paciência com o embuste fez Sophia e Rodrigo precisarem substituir as fantasias que usavam. E a partir daí, algo totalmente imprevisto surge no caminho deles forçando os dois a descobrirem formas de trabalharem juntos para conseguirem resolver o mistério e a vida voltar ao normal.

Minhas fantasias são especiais, sabe? Elas revelam o verdadeiro “eu” de quem as veste.

- A história é curta, rápida, no ritmo da folia e da corrida contra o tempo que os personagens estão enfrentando. Eles precisam resolver o problema que surgiu entre eles. O agravante é que nem sempre a distância é a melhor solução. Então, a vida/o destino interveio para forçar Sophia a lidar com a quebra da fé que sofreu após ter encontrado Rodrigo há três carnavais.

- E nem sempre nosso verdadeiro eu dialoga com as nossas atitudes, né? E nem sempre a gente vai se orgulhar dele. Será um carnaval confuso, complexo, maluco, imprevisível, mas bem revelador de quem Sophia e Rodrigo são e se tornaram ao longo das folias da vida.


Arrivederci!!!

Beta

Reações:

0 comentários :

Postar um comentário