domingo, junho 21, 2020

Ciao! 
Disponível na Amazon  


Para comemorar o primeiro fim de semana do inverno, um livro que se passa nesta estação.
Com o romance tentando abrir caminho em meio a muita neve, traumas e tretas familiares. 
Um amor de inverno – Carrie Elks – Verus (As Irmãs Shakespeare 2) (A winter’s tale - 2019)Personagens: Kitty Shakespeare e Adam Klein
Kitty queria trabalhar na indústria do cinema em Hollywood, por isso estudava na UCLA, mas não conseguia um estágio na área. Após uma entrevista relâmpago e um tanto desastrosa, foi chamada para a vaga de babá do filho de um produtor. Ela se muda para uma cidade na Virginia Ocidental, no meio de um Natal com muita neve. E nada fica tranquilo quando encontra o tio da criança, Adam Klein. Recluso, um tanto arredio e nada simpático. Definitivamente, nada indicado como possível interesse amoroso. No entanto, nem sempre o bom senso prevalece.   
Comentários: 
“Estúpido, irritante, cretino e sexy. E daí que ele beijava melhor do que qualquer um que ela já conhecera? Por ora, ele podia desaparecer na floresta e nunca mais voltar.
Sim. Ela se sentia exatamente assim”. 
- Kitty era uma aluna esforçada, aplicada e talentosa. E queria vencer na indústria pelo próprio talento. No entanto, não conseguia se sair bem nas entrevistas. No entanto, após uma entrevista para tentar a vaga para trabalhar com Everett Klein, ela foi surpreendida com uma ligação. Era a esposa dele, interessada na qualificação de “babá” que tinha no currículo dela, para cuidar do pequeno Jonas durante o fim de ano. 
- E assim, Kitty foi parar numa cidade da Virgínia Ocidental para trabalhar com a família Klein, durante o Natal. No entanto, o clima não era tão festivo. A matriarca estava se recuperando da fratura causada após um tombo. O irmão mais novo de Everett, Adam, vivia numa cabana no terreno, tendo contatos mínimos com os parentes. Nem se importou em ser simpático ao conhecê-la e, muito menos, ao reencontrá-la. 
“- Você não faz muitas perguntas – Adam falou com a voz grossa – Só faz perguntas que as pessoas têm medo de responder. O tipo certo de pergunta”. 
- O problema de alguém fazer perguntas é quando quem fala ou quem ouve teme a resposta. E temos muito disso na história. Personagens que tem medo de buscar respostas às perguntas que pairam porque sabem a dor que sentiram ou que causaram. E não gostariam de reviver esse sentimento.

- É uma história sobre cura – em diferentes instâncias. Como recuperar a confiança perdida. Como se entender com arrependimentos, com culpas, com as decisões intempestivas e como as consequências delas. Como retomar laços rompidos. Sim, tem muita coisa acontecendo no começo de inverno para a família Klein e todos na casa não estarão imunes. 
- O medo é natural – Martin falou. – Pode até ser útil em certas circunstâncias. É um lembrete saudável das nossas limitações, nos dizendo que às vezes nós devemos nos afastar do perigo. Mas quando levado ao extremo, ou de alguma forma distorcido pelo nosso cérebro, pode fazer com que nos comportemos de maneira irracional. Como aquelas pessoas que têm tanto medo de voar que não podem nem pensar em pisar em um avião. – Martin o encarou. – O medo se torna uma doença quando nos impede de levar uma vida normal”. 
-  Kitty era a caçula das irmãs Shakespeare. Temos várias cenas de referência ao amor entre elas. Isso é muito gostoso de ler. Não importa onde estivessem, Lucy, Juliet, Cesca e Kitty estavam disponíveis umas para as outras. Claro que as mais velhas se acostumaram a serem protetoras com Kitty, mas precisam aprender a deixá-la encarar o mundo por conta própria. 
- E este momento de aprendizado de Kitty vai cruzar com o auge do momento de “penitência” (na falta de uma palavra melhor) de Adam. E houve atração e interesse mútuo. Só que justamente as fases diferentes podem colocar tudo a perder, se não houver a possibilidade de analisar para que não seja dada maior proporção ao que não merece. 
- É um livro gostoso de ler, uma narrativa envolvente, com problemas que, por causas diversas, podem ocorrer com a gente. Em algum momento da vida, todos já lidaram com a dificuldade em ser quem é e como encontraram o caminho para ser a melhor opção de si mesmos. Ninguém pode ser salvo se não quiser ajuda – mesmo sem admitir interiormente ou para outras pessoas. Kitty vai se descobrir. Adam vai se revelar. E eu, particularmente, adorei acompanhar a história deles. 
As Irmãs Shakespeare
Um verão naItália – Summer’s lease – Cesca Shakespeare
Um amor de inverno – A Winter’s tale – Kitty Shakespeare
Uma surpresa na primavera – Absent in the Spring – Lucy Shakespeare
Uma luz no outono – By virtue Fall – Juliet Shakespeare


Arrivederci!!!

Beta
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário