domingo, outubro 25, 2020

Ciao!

Disponível na Amazon 

Quatro artistas se uniram para criar três histórias contemporâneas inspiradas por contos de fadas e um conto do Charles Perrault. É uma coletânea que rende leitura interessante, rápida e que nos coloca para pensar. 

Realezas Urbanas – Rebeca Prado, Bianca Nazari, Barbara Morais e Tainan Rocha – Plot!

(2017)

Flor de Magnólia por Rebecca Prado

A senhorita Hua tinha uma reunião importante e poderia optar em ser protegida, aceitando enviar um representante no lugar dela. No entanto, ela não se sentia confortável em se esconder. Era hora de assumir as próprias batalhas, até porque os resultados conquistados tinham sido bons.

Mar de Sonhos por Bianca Nazari

Uma demissão fez Bel perceber que não teria futuro se não corresse atrás dos sonhos dela. O problema era como uma garota do interior poderia se tornar uma cantora de sucesso e não ser mais uma pessoa perdida no mundo que era São Paulo.


Fio da Navalha por Barbara Morais e Tainan Rocha

O desaparecimento de Clara fez a irmã investigar o ex-namorado dela, Barba. Para isso, assumiu uma nova identidade, iniciou um relacionamento com ele. E estava disposta a ir até o fim para descobrir o que houve, não importa o que tivesse que fazer.

***

As histórias possuem estilos próprios, adequados ao clima e à personalidade dos personagens. Dos tons pasteis ao destaque em vermelho na primeira história; nas cores vibrantes na segunda e na predominância do azul na terceira.

É possível ver algumas referências a outras adaptações referentes às princesas. Alguns exemplos são Bel tentando se vestir como as garotas da cidade e o dragão sendo um guia de confiança para a senhorita Hua. Confesso que conheço pouco sobre a trama que inspirou a terceira, mas gostei das decisões estéticas

As garotas são as protagonistas e em situações que podem ocorrer no nosso dia a dia. Quantas garotas não enfrentam dificuldades em serem vistas como profissionais competentes pelos homens? Quantas não sofrem com a “síndrome de impostora” por causa disso? 

Quantas vezes a gente não sacrifica um sonho por não achar que seremos capazes de transformá-lo em realidade? Nem preciso lembrar sobre o peso dos relacionamentos abusivos para as mulheres, né? Lamentavelmente é manchete diária. Estas situações e questionamentos estão nas três histórias e fazem a leitura valer a pena.  

Arrivederci!!!

Beta

Reações:

0 comentários :

Postar um comentário