domingo, dezembro 13, 2020

Ciao! 

Disponível na Amazon  

Nada como embarcar em um livro histórico para relaxar. E O Conde Sovina conseguiu o milagre de quebrar um bloqueio de leitura. Agora é hora de falar sobre ele. 

O Conde Sovina – Moira Bianchi – Pitangus Editorial (Lordes Imperfeitos)
(2020)
Personagens: Getrude “Ruby” Bradley e Evan O’Sullivan, Conde de Itsdale 

Ruby foi abordada pelo Conde de Itsdale com uma proposta – ser a acompanhante das duas crianças que ele receberia no verão. Ela, uma moça refinada, era a pessoa ideal para isso. Ruby achou um absurdo ser considerada para uma posição de serviçal e recusou... Mas, de nada adiantou, porque o Conde convenceu o pai dela a permitir. E Ruby e Evan terão que enfrentar vários percalços na convivência até descobrirem um pouco mais sobre si mesmos e sobre o outro. 

Comentários: 

- Ruby é uma heroína bem forte, com coragem para mexer em vespeiros e encarar Evan, um homem de princípios que estava aprendendo a se tornar um nobre, já que tinha herdado o título. Evan viveu momentos muito difíceis e estava tentando ser o melhor conde. Agora estava às voltas com os dois filhos de um primo francês, enviados para ficar sob a tutela dele e afastados dos problemas em casa. 

- São dois personagens que tinham vidas bem estruturadas e uma rotina bem definida: ela, como filha dos comerciantes responsáveis por excelentes pianos. Ele, como administrador de terras e uma fortuna. Quando esses dois universos colidem e são forçados a conviver, pela decisão do Conde de que Ruby seria a melhor pessoa para acompanhar as crianças, nada mais será como antes. 

- Até porque, para surpresa de Ruby, o Conde é extremamente parcimonioso com gastos – ou como bem diz o título, sovina. Confesso que enquanto lia as formas como ele fazia para economizar e evitar desperdício, me lembrei do Terry Crews em “Todo mundo odeia o Chris”. Algumas coisas soam exageradas para Ruby e eu ficava imaginando o conde atualmente onde a cultura do descarte é elevada. 

- No entanto, há um motivo para ele agir dessa forma e isso será apresentado com o decorrer da trama. Ruby vai percebendo que há muito mais que um título em Evan. Ambos passam a reconsiderar algumas suposições prévias um sobre o outro. Só que o passado praticamente esmurra à porta de Evan e isso pode atrapalhar profundamente o desenrolar da situação dele com Ruby. 

- Há momentos engraçados, desencontros, intriga, reviravoltas, negociações e acordos comerciais, aversão a batatas, além de várias menções à Santa Vitória. Evan vai entender que nem tudo pode ser tão planejado. Ruby vai aprender a confiar e persistir. É uma leitura gostosa, conseguiu quebrar o bloqueio em que eu estava e nem vi o tempo passar. 

Dueto Lordes Imperfeitos

  • O Conde Sovina – Moira Bianchi
  • O Duque Muquirana – Lucy Dib

- Links: Goodreads autora; site da autora; Skoob; mais dela no Literatura de Mulherzinha. 

Arrivederci!!!

Beta

Reações:

Um comentário :

  1. Parece um livro bem leve e divertido. Adoro este tipo de leituras é, realmente, ideal para um desbloqueio de leitura.
    Beijos

    Mundo da Fantasia

    ResponderExcluir