sábado, janeiro 09, 2021

Ciao!

Disponível na Amazon

“Eu só tenho uma mentalidade melhor que a sua. Você tem que ir lá e agarrar a vida com as próprias mãos, Georgie. Estou cansada de te ver deixar o mundo passar pela janela enquanto você fica com a bunda sentada vendo TV”. 

Em muitos momentos, a vida providencia um empurrão, safanão, cascudo, ou mesmo chacoalha todas as nossas estruturas. E a gente precisa descobrir uma forma de seguir em frente.

Basicamente, esta é a base deste livro. 

A lista que mudou minha vida – Olivia Beirne – Faro Editorial
(The list that changed my life - 2018)
Personagens: Amy e Georgia Miller

As irmãs Amy e Georgia não poderiam ser mais diferentes. Amy era professora de educação física, proativa, atlética. Georgia era estava presa em um emprego que não permitia mostrar o seu talento e tinha medo de agir para mudar isso. Até que Amy recebe um diagnóstico que transforma toda a família. Entre outras coisas, ela decide passar para a caçula a missão de fazer várias atividades antes dos 30 anos. E é aí que Georgia vai precisar se mexer e mudar o ritmo da própria existência. 

Comentários:

“- A mente controla a matéria – ela afirma, como quem sabe das coisas. – Você é melhor do que pensa”. 

- Georgia, ou Georgie para os amigos, estava estagnada na vida. O emprego não a deixava ser designer, mas uma espécie de assistente-para-toda-obra de Bianca, a chefe que estava às vésperas do casamento e só tinha ideias mirabolantes. Não tinha um namorado. Morava em um local do qual não gostava. Mas sempre tinha uma desculpa para romper esse ciclo ruim.  

- Aí ela se depara com um problema: Amy, a irmã mais velha, que sempre a incentivava, recebeu o diagnóstico de uma doença que mudaria todos os planos que tinha para si mesma. Por isso, repassou à Georgie a tarefa de tornar realidade algumas coisas que ela queria fazer antes dos 30 anos:

  1. Comer em um restaurante 5 estrelas.
  2. Fazer uma aula de salsa.
  3. Pular de paraquedas.
  4. Marcar um encontro pelo Tinder.
  5. Pedalar em um parque.
  6. Correr dez quilômetros.
  7. Fazer um bolo perfeito.
  8. Mergulhar pelada no mar.
  9. Tentar andar de skate.
  10. Mostrar seus projetos para a Bianca! 

- Como podem ver, há atividades (aparentemente) simples, outras mais ousadas e algumas realmente desafiantes. Amy quer que a irmã pare de “ver a vida passar pela janela” e espera que a lista a incentive a ter iniciativa e coragem, além de descobrir amor-próprio e autoestima. Não será uma jornada fácil, até porque Georgie tem uma péssima tendência a fugir do que a deixa com medo. Às vezes, isso é prudente. Em outras, vira uma bola de neve que só piora com o tempo. 

“- Às vidas – ela diz devagar -, a vida te vira de cabeça para baixo e você só precisa seguir em frente. Pode parecer que você não sabe o que fazer, mas é para isso que estou aqui...” 

- A partir da lista, ela encontra outras pessoas, como Jack; passa a perceber algumas pessoas próximas além do superficial; se desafia, se estabaca, se atrapalha cumprindo os desafios. Obviamente, eles não vão dar certo de cara e vão exigir que ela saia cada vez mais do molde onde se conformou. 

- É muito difícil eu não gostar de um chick-lit. Até porque sempre batem no mesmo tema: como a jovem/ a mulher se sujeita a tentar atender a uma série de expectativas, além das próprias e sempre topa com a frustração. Aí temos a estagnação, o não saber o que fazer, as várias decisões erradas, um tanto de caos até encontrar um rumo, que não precisa ser perfeito, mas é o que a fará feliz. 

- Neste caso, o diferencial é que o romance não é a meta principal da protagonista. Sim, ele ocorre. Sim, terá todos os contratempos típicos do estilo. No entanto, a grande força motriz de Georgie é o relacionamento com Amy (e vice-versa). E como o amor está acima das comparações, rivalidades e frustrações. A autora teve o mérito de conduzir a história com leveza, equilibrando os momentos tristes com outros engraçados e até nonsenses.

- Eu imaginei que seria uma boa leitura para começar o ano. E a minha intuição estava certa. Talvez também te cative, se der uma chance. 

- Links: Goodreads livro e autora; Skoob; mais dela no Literatura de Mulherzinha. 

Arrivederci!!! 

Beta

Reações:

0 comentários :

Postar um comentário