sábado, janeiro 30, 2021

Ciao!


Disponível na Amazon  

Um plano de fuga para proteger uma jovem. Um duque antissocial e muquirana. Dois universos distintos colidem e a gente se diverte. 

O Duque Muquirana – Lucy Dib – Pitangus Editorial (Lordes Imperfeitos 2) 
(2020) 
Personagens: Jemina Rockingham e Oliver Ainworth, Duque de Shropshire 

Jemina precisava desaparecer por um tempo e contou com o apoio de lady Abigail Gladstone, amiga da mãe dela, que escolheu o mais improvável dos lugares para escondê-la: a casa do sobrinho, o Duque de Shropshire, em Cotsworlds. Oliver já estava acostumado a receber a tia, a única pessoa que não temia visitá-lo. Não contava com uma acompanhante jovem e bonita. E já intuiu que teria problemas. 

Comentários: 

“Ele sabia. A sua tia não dava ponto sem nó. Tinha voltado a ter aquela ideia maluca de arrumar uma noiva para ele e conseguiu alguma interesseira em algum canto.

Seriam dias de fuga sem fim”. 

- Oliver tinha uma vida regrada, metódica, organizada e voltada a não ter gastos desnecessários. Não ganhou o apelido de “Duque Muquirana” à toa. Portanto, receber visita não era algo comum. E receber visitas – no plural – era realmente um incômodo desgastante. Ainda mais quando ele estava certo de que era uma artimanha da tia para casá-lo. 

- Mal sabia que estava longe dos reais motivos de Jemina estar ali com a Viscondessa Pewsham. Precisava fugir da ameaça de não controlar o próprio destino ou adiar isso o máximo possível. O problema é que a permanência no esconderijo não seria fácil, porque o duque decidiu que ela era uma ameaça e queria saber por quê. 

- A partir disso, temos os conflitos entre dois personagens que à primeira vista desconfiam um do outro e, ao mesmo tempo, se sentem atraídos; os desdobramentos da “investigação” do duque sobre a intenções da tia e de Jemina em estarem em Shropshire Hall e amigos que tentam ajudar – destaque para Rosaline e Nicolas, além de lady Abigail, claro - mas podem colocar ainda mais lenha nessa confusão. 

- É um livro gostoso de ler, que mostra as dificuldades de quem não se adapta ao “padrão”: as prioridades do duque eram diferentes da sociedade e ele era rotulado por isso. Jemina era mulher em uma família que ascendeu socialmente por ter dinheiro para comprar o título e não tinha direito de opinar sobre a própria vida. 

- Temos momentos dos dois enrolados, de tensão, de romance, algumas cenas divertidas, muitos desencontros, muitas interferências bem e mal intencionadas. É uma jornada divertida de um homem que sempre soube ser direto sobre suas prioridades e não perderia a maior delas. E de uma garota que queria ser amada e respeitada; e foi surpreendida com o homem mais improvável de fazer isso. Divirta-se!

Dueto Lordes Imperfeitos

- Links: Goodreads livro e autoraSkoobmais dela no Literatura de Mulherzinha. 

Arrivederci!!! 

Beta

Reações:

0 comentários :

Postar um comentário