domingo, fevereiro 28, 2021

 Ciao!

 

Disponível na Amazon  

Esta história deveria ter patrocínio do óleo de peroba para o protagonista. Sério. Passei a leitura inteira pensando em como ele ignorou os limites para conseguir o que queria.

Por isso, mesmo sendo com atraso para Megan, só me resta o selo Bino de Cilada. 

Ao contrário delas, ao menos vocês já vão esperando do que a criatura chamada Xavier Alexander pode ser capaz de fazer. 

A outra história é Um lar para o amor – Elizabeth Bevarly.

O preço da honra – Emilie Rose – Desejos 2 Histórias 256 (Amor & Honra) 
(The price of honor – 2011 – Harlequin Desire) 
Personagens: Megan Sutherland e Xavier Alexandre 

Xavier e Megan viviam um relacionamento há seis meses. Até que ela descobriu pelos jornais que ele era noivo de outra, com quem se casaria em um ano. Sentindo-se enganada, ela decidiu romper e voltar para os Estados Unidos, onde planejava recomeçar longe do milionário arrogante que não tinha sido totalmente sincero com ela. Xavier se recusou a aceitar o término, afinal de contas, eles ainda tinham um bom tempo pela frente e foi atrás dela. 

Comentários: 

Ele não entendia o comportamento vacilante de Megan. Como ele já lhe dissera várias vezes, o noivado dele não mudara as regras do relacionamento deles. Mas ela mudara. Ele queria que as coisas voltassem a ser como antes, quando ela o recebia de braços abertos a qualquer hora do dia. 

- É tanta coisa errada que passei boa parte da leitura imaginando como poderia dar certo. Xavier é o herdeiro milionário de uma empresa francesa de perfumes. Ele tem cavalos competindo no circuito equestre europeu, onde se destacam graças à competência da amazona norte-americana Megan. Por seis meses, eles também foram amantes e só não percebeu que eram um casal quem não queria. 

- Diante de tanta química e paixão, Megan começou a sonhar com algo além de um relacionamento sem compromisso. Só que quebrou a cara em caquinhos ao descobrir que Xavier tinha uma noiva, com quem se casaria em um ano. Como se isso não bastasse, a criatura acha absolutamente natural que o caso continue até o casamento dele – para restaurar a honra dos Alexander – com Cecille Debussey, a herdeira de outra perfumaria francesa. 

- Megan resolve abandoná-lo. Xavier se sente ultrajado e vai atrás dela, impõe a presença, alugando a fazenda ao lado da fazenda da família dela. Trazendo os cavalos com os quais ela competia para mostrar o que ela poderia ter pelos próximos 12 meses se ficassem juntos. Afinal, ele não queria ainda abrir mão dela. 

- Só que aí entra mais uma reviravolta na história, que não vou dar detalhes sobre ela. Este fato serve para pressionar ambos a fincarem posições sem querer abrir mão. Megan acha que pode comprar a briga e fazê-lo mudar de ideia. Xavier acha que, se esfregar na cara dela tudo que ela perderia, conseguiria o que ele queria. 

- Então temos esse duelo da teimosia dos dois lados, que vão até decisões extremas. E esticam a paciência e resistência um do outro e, por consequência, quem está lendo vai neste embalo. O happy end será inevitável, estamos em um romance de banca. A redenção é mais convincente que a apresentada por personagens tão tapados, cretinos e canalhas em ouros livros. 

- O livro aposta nestes dois personagens imperfeitos dispostos a conseguirem o que queriam. A gente conhece o lado de Megan primeiro – e o destaque para ela aumenta a cada atitude egoísta de Xavier. Na reta final a autora nos apresenta os motivos dele. Mesmo assim, sinceramente, acho que Megan merecia um homem melhor – mas foi Xavier quem ela quis, então paciência. 

- Links: Goodreads livro e autora; Skoob; mais dela no Literatura de Mulherzinha. 

Arrivederci!!!

Beta

0 comentários :

Postar um comentário