quarta-feira, abril 21, 2021

Ciao!!! 

Neste ano, o Literatura de Mulherzinha ganhou mais uma autora parceira: Silvana Barbosa. Ela escreveu vários romances. Aliás, fiquem ligados, porque um deles ganhou novo título: O Rouxinol e o Nobre Escocês. A mudança foi anunciada depois desta entrevista. 

De qualquer forma, eu fiquei muito feliz quando ela aceitou o convite para este bate-papo para o #AbrilImperdível. Espero que vocês curtam!

 

*** LdMEntrevista: Silvana Barbosa ***

 1 – Como foi o último ano para você? Como conseguiu manter a inspiração – e a sanidade – em meio a essa situação que virou a vida de todo mundo do avesso?

SILVANA: Foi complicado. Para mim, além da pandemia teve toda a situação de viver o tratamento contra um câncer (descoberto no fim de 2019), que me levou a uma cirurgia de retirada parcial de mama, quimioterapia e radioterapia. Procurei não parar totalmente, mas meu trabalho ficou bastante prejudicado.

E ainda que fosse só — o "só" é quase irônico — a pandemia, já teria mexido o bastante com minha cabeça e alterado meus planos e cronogramas.   

2 – Como é o seu processo de escrita? Você gosta de esquematizar ou segue o que os personagens te contam?

SILVANA: Eu não tenho um processo muito linear, e nem sigo um padrão. Cada história tem processo diferente, algumas tramas surgem em partes que vou juntando como um quebra-cabeças, outras surgem praticamente formadas e vou só dando forma às palavras.  

3 – Já teve algum livro onde você se surpreendeu com o rumo que a história tomou? Qual?

SILVANA: Não exatamente. Me surpreendi com a criação da história do Jake, do livro Arrebata-me! O personagem não ia ganhar história alguma, se manteria apenas como coadjuvante dos romances dos amigos, mas as leitoras gostaram muito dele e pediram que ganhasse um livro.

Eu não tinha a menor ideia do que fazer com o Jake, até me dar um estalo e decidir brincar com o amigo mais brincalhão dos Libertinos, colocando em seu caminho alguns dos clichês mais legais dos romances de época. Eu ri muito enquanto compunha a narrativa de Jake e sua mocinha, Amber, e eles acabaram se tornando um casal com muita química, agradando quem os estava esperando. 

4 – Você transita entre romance de época, medieval e contemporâneo. O que te fascina em cada uma dessas possibilidades de contar uma história?

SILVANA: Adoro escrever romance de época, e imaginar como poderia ser o relacionamento amoroso em tempos passados, suas nuances e possibilidades com tudo o que havia em torno: regras, conflitos, hábitos. Também gosto da pesquisa envolvida, de saber um pouco mais sobre a história dos lugares onde os romances se passam.

Os contemporâneos são como um refresco entre os romances de época, a hora de poder falar mais à vontade, de transpor para o texto as palavras que usualmente dizemos, ter mais liberdade com os pensamentos dos personagens, ainda que seja preciso respeitar regionalismos e conhecer um pouco o local onde está sendo ambientada a trama para não dar mancada.  

5 – Como é a Silvana leitora? Quais tramas e autoras/autores você gosta de ler?

SILVANA: Eu gosto de histórias com final feliz, e prefiro as que tem um pouco de humor. Não gosto de tragédias, nem de drama excessivo. Também gosto de livros que tem ação e embora não tenha lido mistério faz tempo, adoro.

As autoras favoritas de romance são Julia Quinn, Nora Roberts, Teresa Medeiros, Lynsay Sands, Tessa Dare, Lisa Kleypas, Hannah Howell, Patricia Cabot, Sophie Kinsella... Ih, minha lista é grande. 

6 – Como é a relação com quem lê seus livros? Que tipo de retorno as leitoras te dão? Como elas podem te encontrar?

SILVANA: Eu procuro conversar e responder a todas as leitoras que me procuram e fico feliz quando elas me passam seus feedbacks, perguntam sobre as histórias e contam suas experiências com os livros. Eu estou no facebook como Silvana Barbosa autora de romances e como Sil Barbosa Romances, no Instagram como @silvana.barbosa.romancista, no twitter como @SilvanaBAutora, e também no Skoob, Rede Bom Perfil, YouTube e Pinterest. 

7 – E qual a mensagem que você gostaria de deixar a quem visita o Literatura de Mulherzinha?

SILVANA: Eu amo o Literatura de Mulherzinha, em primeiro lugar, e acho seu trabalho incrível, Beta. Quem quer saber mais sobre livros, seja de banca ou livraria, tem ali seu porto seguro, e acredito que é isso que as leitoras mais querem: encontrar um lugar onde possam se sentir à vontade quanto aos seus livros e seus gostos, e ainda conhecer novos nomes da literatura.

E para quem ainda não me conhece, deixo o convite para que escolha uma das minhas histórias e leia, e depois venha me contar o que achou, pois ficarei muito feliz de saber sua opinião. Tenho Libertinos, Cavaleiros, heróis modernos e até heróis fantásticos, além de mocinhas incríveis e heroínas fortes que não ficam de braços cruzados à espera do príncipe encantado. Acho que algum dos meus protagonistas pode ser o seu número. Experimente!

Leia mais sobre a Silvana Barbosa no Literatura de Mulherzinha e encontre os livros dela na Amazon.

Arrivederci!!!

Beta

2 comentários :

  1. Amei essa entrevista, muito obrigada pelo convite!

    ResponderExcluir
  2. A Silvana Barbosa é divaaaa! Amo seus romances! E que mulher versátil, escreve de um tudo, hehe.
    Parabéns pela entrevista, Beta, e parabéns pelo niver do blog!

    ResponderExcluir