domingo, junho 20, 2021

Ciao! 

Disponível na Amazon  


Que livro fofo e gostoso de ler!!!
Muito obrigada, Julia Quinn! Eu estava precisando de uma história assim!
 

Esplêndida – Julia Quinn – Editora Arqueiro (Damas Rebeldes 1) 
(Splendid - 1995) 
Personagens: Emma Dunster e Alexander “Alex” Edward Ridgely, duque de Ashbourne  

Emma se disfarçou como criada para ajudar na cozinha – era melhor que fazer infinitos arranjos de flores – e terminou conquistando a gratidão da família do duque de Ashbourne ao salvar o sobrinho dele. Alex queria descobrir mais sobre a criada corajosa e soube que ela era uma herdeira americana vivendo com os parentes em Londres. Ele não tinha a menor intenção de se casar, mas ela não saiu da mente dele. Emma sabia que Alex a confundia e isso poderia colocá-la em mais  problemas ainda. 

Comentários: 

– Acha que eu sou honesta demais? – perguntou Emma em um tom mais suave. – Ora, mas se eu ainda nem terminei... Nos conhecemos da forma menos convencional, o que provavelmente é o motivo pelo qual somos capazes de falar um com o outro com tanta sinceridade. Acho você um homem gentil mas muito severo, e acho que você é capaz de me magoar mesmo sem ter intenção. Vou ficar em Londres por poucos meses, e gostaria que a minha estadia aqui, com a minha família, fosse a mais feliz possível. Por isso estou pedindo que você, por favor, fique longe de mim”. 

- A família Blydon tinha motivos para ter preocupação: como se não bastassem os filhos Belle e Ned, ainda receberam a prima Emma, vinda dos Estados Unidos, para passar a temporada. As duas jovens decidiram fugir os preparativos do baile da família, se vestiram como criadas para ajudar na cozinha. Por necessidade, Emma saiu e teve uma atitude corajosa ao salvar o sobrinho do duque de Ashbourne de ser atropelado por uma carruagem.  

- Alex ficou encantado com a beleza da criada ruiva com olhos violetas e foi capaz de ir ao baile na casa dos Blydon para tentar encontrá-la, mas lá descobriu quem era ela de verdade. Foi quando começou a confusão, porque ficou bem claro que havia algo intenso entre eles. Mas nem um duque poderia comprometer uma jovem de família rica e escapar sem casamento. Só que Alex tinha verdadeiro horror no casamento e pretendia obrigar-se a isso quando estivesse perto dos 40. E ainda faltava pelo menos 10 anos para isso.  

- A partir daí temos um conflito gato-e-rato, onde um tira o melhor e o pior do outro. A situação é agravada pela descarada interferência dos familiares, tanto do duque quanto da Emma, vendo que os dois eram um casal perfeito. No entanto, o caminho está longe de ser fácil. Passa pelas inseguranças e arrogância de Alex, pela inocência e teimosia de Emma, por interesses de outras pessoas que interferem na história deles. É um livro que não tem pausa para olhar pela janela, porque sempre tem alguma coisa acontecendo com os protagonistas ou com os coadjuvantes que são importantes para ele. E isso é ótimo.  

-  Tem romance, tem humor, tem confusões, tem atitude impensada, tem aventura, tem idas e vindas e um casal protagonista que deixou de saber o que é sossego desde que os olhos violetas dela e os olhos verdes dele se encararam pela primeira vez. A prima Belle que só quer saber de ler é maravilhosa.  William Dunford é incrível e rouba todas as cenas de que faz parte. Não é à toa que eles são os protagonistas dos próximos livros, a gente merecia saber mais sobre os dois. Eu adorei, tive muitos momentos fofuras e de “ah, meu Deus” e agora estou esperando pelos próximos. 

Damas Rebeldes

  1. Esplêndida
  2. Brilhante
  3. Indomável 

* A série tem ainda uma novela chamada “A Tale of Two Sisters” protagonizada pelo Ned Blydon, primo de Emma e irmão de Belle. Ela faz parte da antologia “Where’s my hero”, com histórias da Julia Quinn, da Kinley MacGregor e da Lisa Kleypas. Editora Arqueiro, convém publicar, hein!  

- Links: Goodreads livroautora e série; site da autora; Skoob; mais dela no Literatura de Mulherzinha 

Arrivederci!!! 

Beta

0 comentários :

Postar um comentário