sábado, julho 17, 2021

Ciao! 


Disponível na Amazon  

Está precisando de um livro fofo e romântico? Com personagens que passamos a amar e queremos ver felizes?

Eu estava precisando. E encontrei neste livro. 

Um paraíso para Dante – Silvana Barbosa 
(2021) 
Personagens: Caitlin O’Mailey e Dante Haddleigh 

A vida de Dante está indo bem. Convivência com os amigos, respeitado no trabalho.  Mas ele sente falta de algo a mais... Aí descobriu que Caitlin estava planejando ter um bebê de forma independente. Um tempo antes, quase houve algo entre eles. Agora, por que não a ajudar a realizar o sonho? Caitlin ficou surpresa, mas passou a considerar a proposta. Ela intuía que não poderia desejar um pai melhor que Dante para a criança que queria trazer ao mundo. Só temia desejar algo mais... 

Comentários: 

Ela falou de jardins com flores, pássaros e borboletas, e ele tinha ficado empolgado só de ver a animação dela. A partir daquele dia teve certeza de que Caitlin era uma mulher que precisava de espaço ao ar livre para ser feliz. Ele também, e era uma das coisas que tinham em comum. Havia outras, como gostos parecidos e semelhança de humor. Gostaria de descobrir o que mais poderia ligá-los. 

- Caitlin e Dante se conheceram por amigos em comum e se admiraram razoavelmente à distância. Uma aproximação bateu na trave uns meses antes e ambos iniciaram outros relacionamentos, que não deram certo. 

- Aí Caitlin decide que não vai esperar aparecer um príncipe encantado para realizar o sonho de ter filhos: pretendia fazer todos os exames para realizar uma fertilização in vitro. E quando Dante soube do projeto dela, não criticou e, pelo contrário, se ofereceu para ser o pai da criança. 

- Dante é um daqueles protagonistas que você se apaixona num piscar de olhos. Mais que a beleza física, é a beleza de caráter dele que chama a atenção. É um cara legal, que sabe o valor de ser respeitoso em um relacionamento (afinal de contas, foi a testemunha do sofrimento da mãe para cuidar dele), competente e responsável no trabalho. Tenho certeza de que existem Dantes na vida real e que provavelmente estão todos comprometidos. 

- Caitlin e uma personagem que conversa tanto comigo que nem sei por onde começar. O fato de usar óculos, ter cabelos curtos e trabalhar em uma livraria já me faz gostar dela de graça. E também por entender o desejo de amar e ser amada, mas ter uma falta de sorte danada nos relacionamentos. O fato de ela se sentir uma “patinho feio”, mesmo sem isso ser dito com todas as letras, também me fez compreendê-la.  

- Ou seja, a essa altura, quem lê você entende que eles foram feitos um para o outro. No entanto, precisam resolver alguns “poréns” que possuem anteriores a este projeto de vida em comum, mesmo que de forma paralela – sem um rótulo definido ou anel envolvido. 

- E ainda temos os amigos e parentes. A interação deles com os protagonistas funciona muito bem. A cena da mudança de apartamento de Caitlin me fez dar risadas, porque consegui imaginar todas as gracinhas ditas pelos personagens para ela, como num filme. 

- Links: Goodreads livro e autora; Skoob; mais dela no Literatura de Mulherzinha. 

Arrivederci!!! 

Beta

0 comentários :

Postar um comentário