quarta-feira, agosto 18, 2021

Ciao! 

Disponível na Amazon  

Sempre tive curiosidade para ler este livro. O motivo é até bobo: muitas listas de indicações para o meu signo, Escorpião, o indicavam como leitura obrigatória.

Chegou a hora de entender o motivo. 

A arte da guerra – Sun Tzu – Avis Rara 
(Art of war - 2021)

Sun Tzu viveu há 2.500 anos. E as lições e interpretações que podemos fazer do livro que ele escreveu antes mesmo de Cristo nascer são atemporais. Ele foi um estrategista, general e filósofo chinês. Podemos ver estas três características combinadas em várias partes do livro.

O autor divide o livro em 13 capítulos, cada um com temas específicos sobre como planejar, se postar, o que observar para se sair vencedor em uma batalha. E nas orientações dele podemos ver a experiência do general, do estrategista e do filósofo que aprendeu muito com a observação da vida e do comportamento humano.

Muitos conselhos podem parecer óbvios agora para quem lê. Nem sempre o óbvio é realizado. Ainda vemos atualmente muitos erros sendo cometidos pela falta de planejamento ou pela imprudência ou incompetência de quem está no comando ao liderar a tropa ou a equipe em uma missão.

Sun Tzu disse: Antigamente, os maiores guerreiros se preocupavam em tornar a si mesmos invencíveis em primeiro lugar; e depois aguardavam até descobrir a vulnerabilidade de seus adversários.

Fazer-se invencível significa conhecer a si mesmo; aguardar ara descobrir a vulnerabilidade do adversário significa conhecer os demais. (cap.4) 

Quer um exemplo bobo? Quantas vezes uma equipe de futebol visitante reclama do gramado onde teve que jogar? Os donos da casa conhecem os atalhos, mas os visitantes não têm tempo de aprender antes do jogo começar. Ainda no meio esportivo, perdi a conta das vezes em que técnicos mandam molhar o campo para dificultar a posse de bola do adversário. 

Na vida real e nos romances, volta e meia vemos personagens encurralados em uma disputa empresarial e conseguirem levar a melhor ao encontrar brechas no ataque que sofrem dos concorrentes. Ou ser menosprezado por alguma razão e deixar os tubarões de queixo caído ao levar um baile que não esperavam. 

Entender quem é o adversário, saber quais as virtudes e as fraquezas, prever como o oponente vai agir e se antecipar para colocá-lo em desvantagens são fundamentais em um espaço de disputa. Assim como conhecer o local e as condições em que o confronto acontecerá, além de ter a disposição os guerreiros mais preparados para o desafio.

Não é milagre, é preparo, treinamento, estudo. Tudo que o Sun Tzu escreveu neste livro. O mundo mudou muito, inclusive o conceito de guerra. Não significa sair por aí querendo bancar o guerreiro, mas saber exatamente escolher as batalhas com toda a consciência de poder sair vencedor. Seja na guerra, no esporte, no mercado de trabalho ou mesmo em uma partida de um jogo de tabuleiro. 

A tradução da Avis Rara é baseada na versão inglesa de Lionel Giles. Então se você tiver lido outra versão, por favor, deixe comentário sobre sua experiência. 

Arrivederci!!! 

Beta

0 comentários :

Postar um comentário