quarta-feira, agosto 04, 2021

 Ciao!!!


Confiram as novidades da Faro Editorial no mês de agosto!


Victoria Casagrande não queria voltar para Monte do Calvário, não apenas porque odiava aquele lugar cercado de tragédias, mas porque teria que pedir ajuda para seu pai e contar que não vinha tendo sucesso em sua tentativa de morar na capital. Mas sua volta não foi para pedir dinheiro a Tarso, mas para investigar o sinistro desaparecimento de sua amiga Uiara, e as estranhas aparições que têm perseguido a todos ligados a Victoria.

O novo livro de Tiago Toy, “Fantasmas”, é uma história sombria sobre segredos do passado, assassinato, visões assombrosas, ganância e uma pitada de terror.

Monte do Calvário era uma cidade marcada por desastres. Desde o acidente com uma barragem, o grande lago, o Lameiro, vira um pântano de corpos que nunca foram encontrados. Muito misticismo gira em torno dessas águas e de quem se atreve em desafiá-las. E foi justamente para fugir disso, e de pesadelos estranhos que a assombram desde pequena com esse lago, que Victoria decidiu se mudar para a cidade e fazer jornalismo.

Mas, frustrada na carreira e sem dinheiro, ela se vê obrigada a voltar para casa do pai, o maior fazendeiro da região. O que Victoria não imaginava é que sua volta ia remexer com um segredo sob as águas do Lameiro, despertar a ira de Barão - o braço direito de seu pai -, que deseja herdar as terras no lugar de Vitória, e acordar os mortos da barragem. Com o desaparecimento de sua amiga de infância, Uiara, e percebendo que ninguém quer investigar, ela decide fazer alguma coisa.  

Seguindo seu faro de jornalista, ela acha pistas de que a jovem não fugiu, como muitos diziam, mas que pode estar em algum lugar do Calvário, viva ou morta.

Uma história arrepiante sobre segredos do passado, assassinato, cobiça, arrependimento e busca por justiça. Nem sempre os mortos permanecem em silêncio...


Era para ser apenas uma diversão de um grupo de amigos bancando de justiceiros da internet. Só queriam derrubar sites criminosos, mas então conheceram Smoke, um misterioso hacker que os levou a um nível de conhecimento inimaginável. Ele pertencia a uma organização especializada em alcançar corruptos que escapavam da justiça e faziam isso, pegando de volta tudo aquilo que roubavam do país. Embora estivessem acostumados a combater o crime com outros crimes, numa disputa sem regras, dessa vez atingiram algo grande e esse inimigo vai reagir violentamente.

O livro de estreia do autor nacional Laudelino de Oliveira Lima, “Submundo Hacker”, é um thriller sobre o universo sombrio da tecnologia que nos cerca e que muitas vezes é capaz de derrubar os maiores esquemas de corrupção e escândalos escondidos sob o véu da impunidade e do dinheiro.

Um grupo de jovens orientados por um misterioso hacker invade a empresa de um doleiro, apenas para conseguir uma simples senha, mas o que eles não imaginavam é que estavam entregando informações bancárias que revelavam atividades criminosas, enraizadas em diversos setores da política e economia do país, à uma poderosa organização chamada Base, um grupo especializado em atacar pessoas que não são alcançadas pela justiça porque fazem parte do Systema — a grande hidra que opera nas sombras brasileiras há muitas décadas.

Em meio a uma ampla investigação que pode levar ao extermínio das duas organizações, a Polícia Federal consegue prender os jovens hackers, tirando-os do anonimato e colocando-os na mira de políticos, traficantes e até um ex-agente da Stasi. Uma história sobre a eterna tentativa humana de tentar fazer a coisa certa. Mas quem está preparado para arcar com as consequências?



Ser um herói pós-apocalíptico não é moleza: enfrentar super monstros, vilões, problemas existenciais de adolescente, a baba mega cósmica do quase-cão Rover, o chulé do Quint, a buscas insanas por mais chiclete e tortinhas de morango, e claro, sobreviver aos zumbis. É por isso que você, pequeno herói, precisa de um guia de sobrevivência, e Jack e seus amigos vão dar dicas valiosas para sobreviver ao apocalipse zumbi - ou apenas a pré-adolescência mesmo.

O “Guia do Sobrevivente” é um livro de atividades da série “Os últimos jovens da Terra”. Cheio de aventuras para o leitor estimular a criatividade, o livro é o presente ideal para a garotada. O lançamento marca também o anúncio da continuidade da série e que a Faro já garantiu os direitos do sétimo livro da série “Thrilling Tales from The Treehouse”, o primeiro em formato de história em quadrinhos, colorido, e com lançamento para o primeiro trimestre de 2022.

Já em “Guia do Sobrevivente”, Jack e seus amigos convidam os leitores a mergulhar no universo de “Os últimos jovens da Terra” e até mesmo criar seus personagens e aventuras. Com o intuito de estimular a imaginação, a leitura e a escrita, o livro vem recheado de curiosidade sobre a série, um bestiário completo e uma entrevista com Max Brallier feita por Thrull, o vilão indestrutível, gigantesco e seguidor do mal supremo. 



Talvez seja o ano de 1984, é difícil saber, mas nunca se foi tão livre. Não existem mais leis, mas claro que se você pensar, falar ou agir contra o Partido poderá ser punido. Tudo é controlado, o que se veste, o que se come, e através das teletelas todas as casas estão seguras. Afinal, o Grande Irmão está sempre vigilante para que os desvios de comportamento não comprometam uma sociedade tão perfeita. Amor, Verdade, Fartura e Paz, essas são as virtudes necessárias, e sempre alguém estará no controle. Bem-vindos a 1984.

O selo Avis Rara traz o clássico, “1984” de George Orwell. Uma das distopias mais lidas em todo mundo, a história nos leva para um mundo controlado pelo Grande Irmão e o Partido, num misto de realidade e ilusão, apresentando uma alegoria sobre poder. Essa edição possuem uma marca – não minimizar as decepções do autor nas experiências com ideologias e lideranças que se revelaram perversas e autoritárias.

Winston Smith é mais um membro do Partido que faz a máquina funcionar. Sendo parte do Ministério da Verdade, sua função é justamente mentir. Ele já não tem certeza se está mesmo em 1984, afinal, são tantas mudanças no passado, que fica impossível medir o presente e prever o futuro. Tudo isso estava alinhado, não fosse o pensamento-crime que rondava sua mente: O Grande Irmão mente!!!

O que mais se combate nessa nova sociedade é justamente a dúvida, o questionamento, e Winston sabe que ele poderá virar uma despessoa a qualquer momento, mas o desejo de saber a verdade, de ter provas, é mais forte, e ele está disposto a pagar esse preço, custe o que custar.

Uma das distopias mais famosas do mundo, com uma alegoria sobre o socialismo utópico, as relações de poder e o controle do pensamento. Um romance atemporal, visceral, muitas vezes cruel, mas necessário a todo leitor.


 

Conspirações para tirar um soberano do trono, filhos bastardos, conselheiros que são traidores, romances proibidos, famílias traiçoeiras, governantes loucos, assassinos e incendiários. Parece roteiro de Game Of  Thrones, filmes da Marvel e Star Wars? Pois na verdade esses são fatos verdadeiros e aconteceram durante o Império Romano, o maior que nossa história registrou e durou mais de 500 anos e se expandiu por quase toda a Europa, e ainda territórios na África e Oriente-médio.

Conhecer quem foram Augusto, Tibério, César, Marco Antônio, Cleópatra, Nero e Calígula é fundamental não apenas para os amantes de história, mas também por quem tem interesse por sagas medievais e épicas.

A Faro Editorial lança este mês “César” e “Tibério” do jornalista, historiador e autor britânico Allan Massie. Os livros fazem parte da série “Os Senhores de Roma”, que já tem dois volumes lançados “Marco Antônio e Cleopatra” e “Augusto”.

A coleção com seis livros que vai apresentar as principais figuras do império romano, mesclando história e ficção, narrados em forma de autobiografia, partindo de relatos, documentos históricos, livros de memórias e narrativas de historiadores da época, que tem início no ano 27 A.C.

O Império Romano ficou conhecido não apenas pela força, estratégia de guerra e pelo legado que deixou no mundo ocidental, mas também por figuras icônicas que marcaram a sociedade com política, traições, violência e loucura. Grande parte do que entendemos como governo, direitos e sociedade nasceu durante o Império Romano e seus representantes. E a maioria das sagas de ficção medieval e histórica bebem dessa fonte inesgotável de intrigas, aventuras e personalidades únicas.

Em “César” vamos acompanhar os acontecimentos antes do assassinato do general, narrado por um de seus traidores, Brutus. E em “Tibério”, que foi o governador no tempo da crucificação de Cristo, acompanhamos as memórias do próprio imperador.

Com uma narração em tom confessional, a obra aproxima o leitor da época, de tantos outros personagens, e liga a inúmeros fatos históricos que permeiam nosso imaginário, em filmes, livros e relatos bíblicos.



Não existe um único indivíduo fundador de qualquer conceito político, filosófico ou econômico. No entanto, quando falamos da perspectiva liberal clássica, John Locke é a maior referência. Um grande pensador, que defendeu não apenas a liberdade dos indivíduos como a tolerância religiosa numa época em que isso causava estranheza, e a ideia de que somos todos página em branco. E que toda experiência, seja boa ou ruim, é que vai nos moldar como cidadãos.

A Faro Editorial lança este mês “O essencial de John Locke”, pelo selo Avis Rara. A obra integra a coleção Biblioteca do Liberalismo, que já apresentou ao leitor brasileiro grandes pensadores do movimento liberal como Hayek, John Stuart Mill, Milton Friedman e Joseph Schumpeter. Nesta obra, vamos conhecer as principais ideias desde que é considerado o pai do liberalismo.

Os escritos de Locke influenciaram muitos pensadores e estudiosos, incluindo Voltaire, Jean-Jacques Rousseau, pensadores iluministas escoceses e os revolucionários americanos. O liberalismo clássico, como ficou conhecido, tornou-se uma força revolucionária no mundo ocidental nos séculos XVIII e XIX, e se mostra ainda mais revigorado nos dias atuais.


Arrivederci!!!

Beta

0 comentários :

Postar um comentário