terça-feira, setembro 07, 2021

Ciao!!!


Que o Vini é um dos meus autores-xodó vocês já devem ter percebido. Se não perceberam, só ler tudo que já escrevi sobre os livros do Vinícius Grossos aqui no Literatura de Mulherzinha.

Neste mês, vem aí o novo livro dele “Não foi por acaso”, pela Editora Nacional.

Mesmo com a agenda apertada, Vini topou participar do #LdMEntrevista. Por isso, elaborei nove perguntas para a gente ter pistas sobre o livro que vamos ler a partir de 21 de setembro.

#LdMEntrevista: Vinícius Grossos 

1 – Quando você começou a escrever “Não foi por acaso”, o ponto de partida foi a trama ou os personagens?

Vini: Foi uma entrevista de Clarice Lispector, em que ela dizia que o adulto é "triste e solitário", e eu percebi, que na verdade, era um sentimento da juventude - sobre crescer, sobre se descobrir, sobre enxergar as dificuldades do mundo. Ainda mais na situação em que o país se encontra. 

2 – Qual foi o primeiro personagem que veio à sua mente na criação de “Não foi por acaso”?

Vini: O narrador, que é o Destino. Alguém ácido, cansado do trabalho de ter que cuidar de todo mundo o tempo todo. 

3 – Além da tristeza, qual outro sentimento está presente no livro?

Vini: Crescimento - é um tema que permeia a história de Helena, Fernando e Miguel. 

4 – Você já ficou preso em um elevador?

Vini: Já!!! Antes mesmo de eu entrar no mercado editorial. E eu sabia que em algum momento esta experiência iria me ajudar. 

5 – Teremos citações a personagens de outras histórias no livro? (Vai que alguém é amigo do amigo do vizinho do conhecido do veterinário do cachorro do cunhado de alguém, né?)

Vini: Neste não! É uma história nova, com personagens novos, sem ligações com de outros livros.  

6 – Se Helena, Miguel e Fernando fossem cores, quais seriam?

Vini: Todos seriam azul! Mas em tonalidades diferentes. A água é um elemento que liga as histórias deles. 

7 – Qual a música que te faz lembrar da história de “Não foi por acaso”?

Vini: Don't You Forget About Me. 

8 – Você acha que existe acaso?

Vini: Acho que é tudo culpa do Destino - ainda mais depois de ter escrito esse livro! 

9 – Qual a palavra que você imagina que mais vai ouvir de quem ler o livro?

Vini: "Isso já aconteceu comigo" HAHAHAH

Vini, muito obrigada, mesmo, por aceitar o convite para o #LdMEntrevista neste feriado de 7 de setembro. E por favor, deixe sua mensagem para todos que te leem e estão aqui visitando o Literatura de Mulherzinha? 

Vini: Beta, obrigado pelo espaço! Este livro é como um recomeço para mim, e espero que esta história se conecte, de alguma forma, com todo mundo que lê-la. 

Não foi por acaso” já está à pré-venda na Amazon Brasil.  

Arrivederci!

Beta

0 comentários :

Postar um comentário