sábado, novembro 13, 2021

Ciao!


13 de novembro. 21h.

#MadreHooligan me falou que nasci numa segunda-feira de lua cheia. A pista que eu andaria com os pés no chão, mas a cabeça voando entre o céu, a terra e a vã filosofia e não resistiria a me deixar conduzir pelo brilho -e pelas fases dela.

Aniversário é um trem esquisito, né? Demora tanto para chegar e, quando chega, o dia voa. Foi um dia bem tranquilo, fazendo nada de muito diferente. Aproveitei para ler um pouco e fazer uma maratona de todos os vídeos do BTS desde antes do debut (sim, sigo no meu treinamento para ser ARMY). Afinal de contas, 13 de novembro é uma data importante para o grupo por vários motivos, então, nem acabei de chegar direito e tenho um motivo pra me sentir especial um pouquinho.

Não teve bolo. Bolo é legal quando várias pessoas podem compartilhar esse momento conosco. Guardei a ideia que tive para o bolo para quando puder reunir as pessoas mais próximas e queridas. Mas teve pizza e refrigerante, o que também faz muito sentido em se tratando de mim.

No mais, a temporada 2021 trouxe altos e baixos, algumas considerações importantes sobre o que é importante manter ou deixar para trás. Sigo na busca pela qualidade de saúde mental – lamento informar, nem sempre bem-sucedida, afinal de contas, um dia de cada vez pode ser algo complexo de se lidar. O mundo não está fácil e está igualmente complicado viver atualmente. Mas a gente segue em frente, inventando moda e tentando fazer a diferença para o bem. 

Ah, e se no ano passado, o meu presente para mim foi um buquê de girassóis, neste ano coloquei em prática uma ideia provavelmente vinda da mini-Beta que sonhava com várias coisas absurdas e conseguiu viver algumas delas. Um balão. Sim, extremamente infantil, mas eu descobri que precisava fazer as pazes comigo mesma e esse me pareceu um bom começo.

Félix, meu sobrinho, ficou encantado com meu balão azul 

Ofertei a mim mesma um balão azul em forma de coração. Minha cor favorita, o emoji que mais uso. O pessoal da loja de balões personalizados ainda conseguiu satisfazer um pequeno capricho: amarrar o balão em um fitilho lilás. Eu tinha que colocar o roxo – minha outra cor favorita – de alguma forma na celebração. É que inicialmente pensei em ter dois balões, mas não encontrei um balão roxo em forma de coração em lugar nenhum. Fica para outra oportunidade. 

Já que poderia personalizar, escolhi – Shine, dream, smile –, pra quem não conhece, é um dos versos de Mikrokosmos, uma das primeiras músicas do BTS que me encantou. Ah, ela também foi a trilha sonora do vídeo que publiquei nas minhas redes sociais para agradecer os votos de feliz aniversário e o carinho das pessoas que se lembraram de mim. 

Só pra deixar claro, não joguei para escanteio e nem me esqueci do Il Volo – que acabou de lançar o álbum em homenagem ao Ennio Morricone. Na minha playlist, The ecstasy of gold e Mic Drop (pra citar uma de cada um) não só convivem em harmonia como fazem absoluto sentido na atual fase da minha vida.

Meu ritmo de leitura está devagar, reflexo de outros compromissos. Mas sigo inventando moda, como o #TBT do #LdM em vídeo. Se quiser ver os dois primeiros, estão nas minhas redes sociais e no canal do youtube. 

Muito obrigada por estar ao meu lado nessa jornada. E que a temporada 2022 traga saúde e mais gentileza para todos. 

Arrivederci!!!

Beta

0 comentários :

Postar um comentário